quinta-feira, 30 de abril de 2015

PAZ

"Tristeza, doença e fracasso são consequências naturais de transgressões das leis de Deus. A sabedoria consiste em evitar tais violações e encontrar paz e felicidade em si mesmo, através de pensamentos e ações que estejam em harmonia com o seu verdadeiro Ser. Controle a sua mente com sabedoria, direcionando-a para os aspectos positivos da vida. Não se satisfaça com as gotas de sabedoria das escassas fontes terrenas; antes, busque a sabedoria desmedida das mãos de Deus, tão generosas e que tudo possuem."

(Paramahansa Yogananda)

quarta-feira, 29 de abril de 2015

A FORÇA DO PENSAMENTO


"Hoje em dia se encontra muito generalizada a ideia do poder e influência do pensamento. Essa influência não atinge somente o pensador, mas também ao meio onde ele vive e atua. É muito antigo o conhecimento desse fato, pois uma velha escritura hindu vinha dizendo há milênios: ‘o homem se converte naquilo que ele pensa’, e todos os grandes instrutores religiosos e filósofos insistiram sobre a necessidade da boa ética na aplicação do pensamento e as responsabilidades que implica."
(Annie Besant e C. W. Leadbeater)

terça-feira, 28 de abril de 2015

A LIBERDADE


“ Liberdade significa a capacidade de agir guiado pela alma, e não compelido por desejos e hábitos. Obedecer ao ego leva à escravidão; obedecer à alma leva a libertação.
Até você agir, você é livre, mas depois que agiu, o efeito da ação o perseguirá, quer queira ou não. Essa é a lei do karma. Você é uma pessoa que pode agir com liberdade, mas quando realiza determinado ato, deverá colher os frutos desse ato. 
A libertação do homem pode ser definitiva e imediata, se ele assim o quiser; não depende de vitórias externas, mas internas.”
(PARAMAHANSA YOGANANDA)

segunda-feira, 27 de abril de 2015

O CORPO FÍSICO



“O corpo é o instrumento da ação e da experiência. Através dos acontecimentos da
vida que nos atingem com tanta rapidez, formamos hábitos mentais, conceitos e ideias e,
mais ou menos baseados nisto, agimos. O corpo é um instrumento valioso para o progresso
de nossa alma, mas não é realmente nós, é nosso para nosso uso. Pelos seus nervos
sensoriais ganhamos impressões que modelamos em conceitos. Pelos seus nervos motores
atuamos em nosso ambiente.”
(Clara M. Codd)

domingo, 26 de abril de 2015

REFLEXÃO


“Os desastres se acumulam sobre a cabeça do homem que ancora sua fé na parafernália externa antes do que na paz da vida interior, que não depende do modo de vida exterior. De fato, quanto mais desfavoráveis as circunstâncias e maior o sacrifício envolvido por viver em meio a elas, mais perto a pessoa chega da meta final pela própria natureza das provas que ela tem de vencer. Não é sábio, portanto, se deixar atrair demais por quaisquer manifestações externas de vida religiosa, pois tudo o que existe no plano da matéria é efêmero e ilusório, e deve conduzir ao desapontamento.”
(Annie Besant) 

sábado, 25 de abril de 2015

AS LEIS CÁRMICAS


"É uma doutrina muito antiga, conhecida de todas as religiões e filosofias e, desde o renascimento do estudo científico no Ocidente, tem-se tornado um dos postulados fundamentais do conhecimento coordenado moderno. Se alguém joga uma pedrinha numa poça, ela causa ondas na água; essas ondas se espalham e finalmente batem nas margens que rodeiam a poça; e, diz a ciência moderna, as ondas são traduzidas em vibrações, que são levadas para fora para o infinito. Mas, a cada passo desse processo natural, há uma reação correspondente a cada uma e a todas as miríades de partículas atômicas afetadas pela energia que se espalha.”
(Dr. Douglas Backer - Leis Cármicas)




sexta-feira, 24 de abril de 2015

O PODER DOS PENSAMENTOS


"O pensamento é uma força que molda a si mesma para se tornar uma entidade ativa. Ele sobrevive por um período mais longo ou mais curto, dependendo da intensidade do pensamento e da paixão que o animam. Se os pensamentos forem repetidos, uma energia renovada é adicionada à forma que havia sido criada. Como resultado, cada pessoa vive em meio a um mundo de entidades-pensamento autocriadas, um pequeno mundo de influências. Assim criamos um karma e nos tornamos responsáveis por muito mais do que nossas vidas pessoais. 
(Radha Burnier )

quinta-feira, 23 de abril de 2015

DHARMA


“Quando as nações da Terra foram criadas, uma após a outra, Deus concedeu para cada uma, uma palavra especial, a palavra que cada uma delas deveria proclamar ao mundo, a palavra especial do Eterno que cada uma deveria falar. Quando contemplamos a história das nações, podemos ouvir esta palavra da boca coletiva do povo, pronunciada como ação, como a contribuição daquela nação à humanidade perfeita e ideal. A palavra dada ao antigo Egito foi Religião; para a Pérsia a palavra foi Pureza; para a Caldéia a palavra foi Ciência; para a Grécia, Beleza; para Roma, Lei; e para a Índia, a primogênita dentre as Suas filhas, para ela Deus concedeu uma palavra que resumia todas em uma só: a palavra Dharma. Esta é a palavra da Índia para o mundo.”
(Annie Besant)

DESAPEGO


O que é preciso para o desapego é compreender e aceitar nossos apegos e aprender a ver e compreender que no apego existe dor, medo, inveja e ansiedade. É verdade que a pessoa não consegue evitar que as impressões se formem no cérebro e aí se acumulem, porque o cérebro registra automaticamente. Temos padrões de comportamento cerebral. Não precisamos nos dar o trabalho de parar esse registro automático de impressões no cérebro, mas precisamos dar plena atenção a esse processo de registro e aprender a ver nossas próprias reações. O verdadeiro conhecimento não conhece apego; identificar-se, por exemplo, com o corpo e a mente é uma ilusão. 
(C. A. Shinde - Desapego e Sabedoria - Revista Sophia)

quarta-feira, 22 de abril de 2015

ELE É ONIPRESENTE, ONISCIENTE E ONIPOTENTE


"Deus não é uma pessoa que reside fora de nós mesmos, tampouco os coloca distante do universo. Ele está presente em tudo e é, ao mesmo tempo, onisciente e onipotente. Ele não precisa de preces ou de súplicas. Sendo inerente a todos os seres, Ele ouve tudo e consegue decifrar nossos pensamentos mais íntimos. Ele sobrevive em nosso coração e está mais próximo de nós que as unhas em nossos dedos.”
(Mahatma Gandhi - O Caminho da Paz)

terça-feira, 21 de abril de 2015

PLANOS PARA A TRANSFORMAÇÃO


“Pessoas que passaram por transformações poderosas em suas vidas, como Mahatma Gandhi ou Madre Teresa, afetaram a sociedade em que viviam. Assim, lentamente, a onda da vida humana nesse planeta muda e evolui, porque nós, como indivíduos, mudamos e evoluímos. O mundo em que nascemos não é o mesmo que será vivenciado por nossos filhos. Ele evoluiu, deu um passo à frente, passou por seus próprios ciclos de sete anos, tal qual nós, muitas vezes aos trancos e barrancos. Consideremos as mudanças que estamos vendo acontecer pelo mundo atualmente: as pessoas estão exigindo mudanças na formas de governo, por exemplo, o que mostra que elas deram um grande passo transformador. (...)"

(John Vorstermans - Ciclos e mudanças - Revista Sophia, nº 52)

segunda-feira, 20 de abril de 2015

DUALIDADE




“A experiência da dualidade entre espírito e matéria, luz e trevas, movimento e inércia, expansão e contração faz com que o homem associe esses conceitos ao bem e ao mal. O ser humano julga os opostos conforme seu efeito. Se a resistência representa um apoio, é boa. Se traz prejuízos ou frustrações, é má. O que é a escuridão que o homem classifica como má? é apenas matéria que não está exposta à luz. Escuridão, é simplesmente, matéria não iluminada. O homem apelidou-a de má; para ele, o demônio personifica esse estado. Espírito e matéria não são morais nem imorais, bons e maus. Existem como opostos aparentes, só isso. Para o homem, parecem estar em oposição: a matéria resiste ao espírito. Da mesma forma, o ponto de apoio resiste à alavanca; sem ele, a força mecânica seria impossível. Portanto, se for separado dos valores e da experiência humana, o mal, de fato, não existe; está apenas na mente do homem.” (Geoffrey Hodson, Luz, e trevas, a Eterna Batalha)


domingo, 19 de abril de 2015

FELICIDADE


“As indagações fundamentais da existência humana - tais como por que estamos aqui, para onde vamos - produziram respostas diversas em diferentes tradições filosóficas. Mas é indiscutível que um coração generoso e ações íntegras levam a uma paz maior. É igualmente claro que seus opostos têm consequências indesejáveis. A felicidade provém de causas virtuosas. Se a desejamos de fato, não há outra maneira de proceder a não ser através da virtude: ela é o método pelo qual se alcança a felicidade. E podemos acrescentar que a base da virtude, o solo onde estão suas raízes, é a disciplina ética.”
(Dalai-Lama, O Caminho da Tranquilidade)

sábado, 18 de abril de 2015

LIBERDADE DE ESCOLHA


"O homem tem a razão, a discriminação e o livre arbítrio. O bruto não tem nada disso. Ele não é um agente livre e não sabe a diferença entre a virtude e o vício, entre o bem e o mal. Sendo um agente livre, o homem conhece bem essas distinções. Quando segue sua natureza mais elevada, revela a si mesmo bem mais superior que o bruto, mas, quando cede à sua natureza menos elevada, mostra-se mais baixo que o rude.”
(Mahatma Gandhi - O Caminho da Paz)

sexta-feira, 17 de abril de 2015

GRATIDÃO


“Nós queremos muito rezar e, então, fracassamos. Desencorajamo-nos e desistimos da prece. Deus permitiu o fracasso, mas ele não quis o desencorajamento. Ele quer que sejamos mais parecidos com as crianças, mais humildes, mais agradecidos quando oramos.” 
(Madre Teresa de Calcutá)

quinta-feira, 16 de abril de 2015

EQUANIMIDADE



“Há muitos que encontram paz no sentimento do bastante.
Satisfeitos com o que conseguem ser, ter e fazer, não lutam por mais. Não batalham pelo que lhes agrada ou interessa. Não fogem angustiados do que lhes seria ameaça.
É preciso ter uma boa dose de discernimento para, nesta equanimidade, não se corromper e entregar-se a um comodismo covarde e estagnado.
Para a maioria, só tem paz quem conquistou segurança. E segurança para eles significa ter cada vez mais, fazer e ser cada vez mais. Na luta por ser, ter e fazer mais, a Paz é a primeira a ser sacrificada.
A sabedoria diz como ser equânime e estar contente sem ser infecundo e inerte, horizontal e apático. Ela diz que há hora de agir e hora para meditar, hora de produzir e hora para descansar, hora de brincar e hora de austeridade. Ela nos ensina que antes de querer mudar-nos precisamos conhecer-nos.”
(Hermógenes – Mergulho na paz)

quarta-feira, 15 de abril de 2015

SERENIDADE


“A percepção de que todo o poder para pensar, falar, sentir e agir vem de Deus e de que Ele está sempre conosco, inspirando-nos e orientando-nos, faz com que nos libertemos instantaneamente do nervosismo. Com essa percepção vêm cintilações instantâneas de alegria divina; às vezes poderá ocorrer uma profunda iluminação que permeie o ser da pessoa, expulsando a própria ideia de temor. Como um oceano, o poder de Deus varre tudo, invadindo impetuosamente o coração como uma enchente purificadora, removendo todas as obstruções da dúvida ilusória de nervosismo e de temor. A ilusão da matéria, a consciência de ser apenas um corpo mortal é superada quando se entra em contato com a doce serenidade do Espírito, o que se pode alcançar pela meditação diária. Então, você saberá que o corpo é uma pequena borbulha de energia no oceano cósmico de Deus.”
(Paramahansa Yogananda – Paz Interior)

terça-feira, 14 de abril de 2015

QUEM SOU EU?



“Ninguém é estulto o bastante para supor que é sua própria roupa.
Mas, pouquíssimos são os que não supõem ser seu próprio corpo.
Imaginem o que aconteceria se os cosmonautas, na Lua, achassem de se confundir com o escafandro que os protege e lhes permite estar lá!...
Pois bem, isto está acontecendo a quase todos nós.
Quando o corpo adoece, costumamos dizer eu estou doente. Quando alguém morre, amigos e parentes dizem ele entregou a alma a Deus.
Sabe por que isto acontece?
Porque teimamos em confundir o morador com a morada. Continuamos a identificar-nos com o corpo que usamos.”
(Hermógenes – Mergulho na paz)

segunda-feira, 13 de abril de 2015

AJUSTES CÁRMICOS


“Quando o homem ‘colhe’, as suas forças cármicas são cuidadosamente ajustadas, de maneira que a ação recíproca do bem e do mal possa produzir, como resultado final, um acréscimo de bem, por menor que seja. Se, por ocasião do nosso nascimento, todas as nossas forças cármicas de bem e de mal fossem postas em ação, como temos maior bagagem de mal que de bem, nossa existência seria tão cheia de dor e de tristeza, que quase não teríamos coragem para enfrentar a batalha da vida. Também, a fim de que possamos lutar e vencer e adicionar alguma coisa ao lado bom de nossa conta, e não ao mau, faz-se um cuidadoso ajustamento para cada alma, quando ela se encarna.”
(C. Jinarajadasa - Fundamentos de Teosofia)

domingo, 12 de abril de 2015

HOMEM ESPIRITUAL


"(...) A superioridade real está, antes de tudo, no permanente e sincero desejo de querer servir - assim como a inferioridade está na necessidade de ser servido. Servir é ativo, ser servido é passivo - o ativo denota força, o passivo revela fraqueza. O homem profano julga-se superior quando é servido, porque é ignorante e fraco - o homem espiritual sente-se superior quando pode servir, porque é sábio e forte.”
(Huberto Rohden)

sábado, 11 de abril de 2015

COMO VER COM CLAREZA

“Se todo desejo puder ser posto de lado, você irá, de acordo com certos instrutores espirituais, tornar-se iluminado. De maneira sutil, abra mão de tudo que você se apegou internamente. Você não tem que jogar fora a mobília, mas não se prenda a coisa alguma. Você deve usar as palavras 'eu' e 'meu' sem se sentir possessivo ou apegado.”


(Radha Burnier )

sexta-feira, 10 de abril de 2015

VERDADE


"Achar-se o mundo em tão más condições morais é evidência concludente de que nenhuma de suas religiões e filosofias - e as das raças civilizadas menos que quaisquer outras - jamais possuiu a VERDADE (...) Deve existir algures uma solução consistente e, se as nossas doutrinas mostrarem sua competência para oferecê-la, então o mundo será o primeiro a confessar que elas devem ser a verdadeira filosofia, a verdadeira religião, a verdadeira luz, as quais propiciam a verdade e nada mais que a verdade."
(O MAHA CHOHAN, Meditações - Excertos de Cartas dos Mestres de Sabedoria)

quinta-feira, 9 de abril de 2015

COM TODO O CORAÇÃO


“Somente quando há clareza junto com uma profunda consideração pelo bem de todos os homens é que a busca se inicia. Descobrir o que é espiritual é, em si mesmo, viver a vida espiritual, pois as grandes verdades da vida não são fatos externos, mas dimensões de consciência. Harmonia, amor, bondade e paz não podem ser conhecidos como se conhece um carro ou uma pedra - objetos cuja forma, cor, textura e outras características podem ser percebidas e retidas na memória. O amor não está fora da pessoa. Ele deve estar na sua própria natureza, pois o único modo de conhecer o amor é amar."
(Radha Burnier)

quarta-feira, 8 de abril de 2015

A MÚSICA DAS ESFERAS




"A teoria rosacruciana, de que todo o Universo é um instrumento musical, é a doutrina pitagórica da música das esferas. Sons e cores são todos algarismos espirituais; assim como os sete raios prismáticos procedem de um único ponto no céu, também os sete poderes da Natureza, cada um deles um número, são as sete radiações da Unidade, O SOL central, espiritual."
(Helena Petrovna Blavatsky, Ísis Sem Véu.)

terça-feira, 7 de abril de 2015

O PRINCIPAL ENSINAMENTO DE JESUS: COMO TORNAR-SE UM CRISTO


"Receber Cristo não se dá por simples afiliação a uma igreja, nem por rituais externos de reconhecimento de Jesus como salvador sem contudo o conhecer de fato por meio de contato com ele em meditação. Conhecer Cristo significa fechar os olhos, expandir a consciência e aprofundar a concentração de tal modo que, através da luz interior da intuição da alma, se possa participar da mesma consciência que Jesus tinha."

(Paramahansa Yogananda - A Yoga de Jesus)

segunda-feira, 6 de abril de 2015

WORKSHOP VIVENCIAL - COM RICARDO LINDEMANN


SOMBRA E LUZ - O DESPERTAR DA PERCEPÇÃO



" (...) O importante papel do indivíduo tem sido realçado por muitos sábios. J. Krishnamurti diz: "Se você fizer uma transformação básica em si mesmo, então afetará não apenas aqueles que estão próximos de você, mas toda a consciência do mundo." Ramana Maharshi observou que um atma-jnani, uma pessoa autorrealizada, não precisa fazer nada para beneficiar o mundo. Sua poderosa influência espiritual é capaz de causar, silenciosa e imperceptivelmente, um grande bem a todos.”
(Surendra Narayan - Revista Sophia nº 43)

domingo, 5 de abril de 2015

ATITUDE FUNDAMENTAL DO BHAGAVAD GITA


"Segundo a concepção cósmica da filosofia oriental, toda a atividade do homem profano é fundamentalmente trágica, eivada de culpa, ou karma, porque quem age é o ego, e esse ego é uma ilusão funesta, e tudo o que o elo ilusório faz é necessariamente negativo, contaminado de culpa e maldade. 
Se tal é toda e qualquer atividade do homem profano, então estamos diante de um dilema inevitável: ou agir e onerar-se de culpa - ou não agir e assim preservar-se da culpa.
Grande parte da filosofia oriental optou pela segunda alternativa do dilema: não agir, entregar-se a uma total inatividade, abismar-se numa eterna meditação passiva, a fim de não aumentar o débito negativo do karma. 
O Bhagavad Gita, porém, não recomenda nenhuma dessas duas alternativas: nem o não agir e preservar-se de culpa, nem o agir e cobrir-se de culpa. O Gita descobriu um terceiro caminho: o do agir sem culpa ou karma. OBhagavad Gita recomenda o caminho do reto agir, equidistante do falso agir e do não agir.”
(Huberto Rohden - Bhagavad Gita)

sábado, 4 de abril de 2015

NÃO TER MEDO SIGNIFICA TER FÉ EM DEUS


"O fato de medos subconscientes repetidamente invadirem a mente, mesmo que haja forte resistência mental, indica um padrão cármico profundamente arraigado. O devoto precisa esforçar-se ainda mais para desviar a atenção do problema preenchendo a mente consciente com pensamentos de coragem. Além disso, e mais importante ainda, deve entregar-se completamente às mãos seguras de Deus. Para ser digno de Autorrealização, é preciso ser destemido."
(Paramahansa Yogananda - Viva sem Medo)

sexta-feira, 3 de abril de 2015

AUTOTRANSFORMAÇÃO


"Cada aspecto de nossa natureza, tanto o bem quanto o mal, é exigido para a tarefa à nossa frente. Tal como o redirecionamento de energia, todos os elementos dentro de nós devem ser transformados. Tanto os vícios quanto as virtudes, dizem-nos, são ‘passos (que) compõem a escada’ por meio da qual ascendemos ao mais elevado. Como diz o comentário: ‘Toda a natureza do homem deve ser usada sabiamente por aquele que deseja entrar no caminho’.
Um comentário assim devem ajudar-nos a compreender que não devemos reprimir ou suprimir qualquer aspecto de nossa natureza que possa ser indesejável.”
(Joy Mills - Buscai o caminho - Revista Theosophia).

quinta-feira, 2 de abril de 2015

NATUREZA HUMANA


“Se a espécie humana fosse intrinsecamente agressiva, teríamos nascido com garras e dentes afiados - mas os nossos são miúdos, bonitos e muito frágeis! Tudo isto significa que não temos a aparelhagem básica para agirmos como seres agressivos. Até mesmo a nossa boca é bem pequena. Em vista disso, acredito que a natureza básica da espécie humana deve ser pacífica."
(Dalai-Lama - O Caminho da Tranquilidade)

quarta-feira, 1 de abril de 2015

PERCEBIMENTO


“É somente quando há a compreensão de nossa unidade com nossos semelhantes e quando o único motivo é o dar-nos em tal serviço, na medida em que formos capazes, que podemos preencher nossas vidas com ação rica, auxiliadora e criativa.”
(N. Sri Ram - Pensamentos para aspirantes ao caminho espiritual)