sexta-feira, 22 de setembro de 2017

COMO SEGUIR O CAMINHO


"Todos nós temos carma para encontrar algum caminho espiritual, e eu gostaria de encorajar você, do fundo do meu coração, a seguir com total sinceridade o caminho que mais o inspirar.
Leia os grandes livros sobre espiritualidade de todas as tradições, chegue a algum entendimento sobre o que os mestres querem dizer com libertação e iluminação e descubra qual é a abordagem da realidade absoluta que mais o atrai, que é mais adequada a você. Desenvolva a sua busca com todo o discernimento de que for capaz;o caminho espiritual exige mais inteligência, mais sóbrio entendimento, mais poder sutil de discriminação do que qualquer outra disciplina, porque a mais alta verdade está em jogo. Use o seu bom senso a todo instante. Venha para o caminho de maneira bem-humorada, o mais consciente possível da bagagem que traz com você: suas carências,fantasias, fracassos,e projeções. Combine, com elevada consciência de que sua verdadeira natureza pode ser, humilde realista ;e sensata com a clara avaliação de onde você está na sua jornada espiritual e o que ainda resta a ser entendido e realizado."

(Sogyal Rinpoche, O Livro Tibetano do Viver e do Morrer, Ed. Palas Athena, p.187)
www.palasathena.com.br

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

A MENTE HUMANA


"Com que facilidade as pessoas ficam aprisionadas nas armadilhas de seus pensamentos?
Como a mente humana tem um imenso desejo de saber, de compreender e de controlar, ela confunde opiniões e pontos de vista com a verdade. A mente afirma: 'As coisas são exatamente assim'. Você precisa ir além dos seus pensamentos para perceber que, ao interpretar a 'sua vida' ou a vida e o comportamento dos outros, ao julgar qualquer situação, você está expressando apenas um ponto de vista entre muitos possíveis. Suas opiniões e pontos de vista não passam de um punhado de pensamentos. Mas a realidade é outra coisa. Ela é um todo unificado em que todas as coisas se interligam e nada existe em si e por si. Pensar fragmenta a realidade, cortando-a em pequenos pedaços, em pequenos conceitos.
A mente pensamente é uma ferramenta útil e poderosa, mas torna-se muito limitadora quando invade completamente a sua vida, impedindo você de perceber que a mente é apenas um pequeno aspecto de consciência que você é."

(Eckhart Tolle, O Poder do Silêncio, Ed. Sextante, p. 22)
www.sextante.con.br

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

A ESPIRITUALIDADE NA PERSPECTIVA TEOSÓFICA


"A espiritualidade é o cultivo de um relacionamento pessoal com o sagrado. É a intuição de que existe um nível de realidade mais profundo, um nível do qual nem sempre estamos conscientes, mas que somos capazes de aprender em momentos de insight ou visão. A espiritualidade é o despertar gradual desta dimensão de profundidade e um desejo de conhecê-la mais completamente e intimamente. Em termos teosóficos, a espiritualidade é o reconhecimento de que os ensinamentos públicos ou tradicionais da igreja são apenas parte da história, que existe uma 'sabedoria oculta' adicional no interior do ensinamento público, e que as igrejas geralmente não nos informam sobre esta profundidade, pois parecem não ter percepção de sua existência. A espiritualidade busca essa sabedoria oculta ou a verdade interior, e ela reafirma, com a Teosofia, que 'Não há religião superior à Verdade".

(David Tracey, O crescente interesse pela espiritualidade, Revista TheoSophia, pg. 42 - Publicação da Sociedade Teosófica no Brasil, jan/fev/mar 2017)

terça-feira, 19 de setembro de 2017

VIVENDO COM BONDADE


"Por que o homem não tem sido capaz de se modificar? Ele muda um pouquinho aqui, um pouquinho ali, e ainda quer que a sociedade seja boa. Quer ordem, não apenas em si mesmo, mas nos seus relacionamentos, mesmo os mais íntimos, ao mesmo tempo que deseja paz no mundo; quer isolar-se para poder desenvolver-se e usufruir de algum tipo de beatitude. Se observarmos, esta tem sido a exigência da humanidade no transcorrer dos anos, desde épocas muito remotas. No entanto, quanto mais o homem se torna civilizado, mais desordens ele provoca, e mais guerras surgem. Não se conhece neste planeta um tempo em que não houve: guerras, seres humanos matando seres humanos, uma religião destruindo a outra, uma instituição dominando e destruindo outras, uma organização sufocando a outra. (...)
Construir uma sociedade justa vem sendo o sonho antigo de hindus, gregos e egípcios. E uma sociedade justa só poderá existir quando a humanidade for boa, porque sendo boa o homem cria bondade, constrói bondade em seus relacionamentos, em suas ações em sua maneira de viver.
Ser bom também significa ser belo. Ser bom significa ser sagrado; está relacionado a Deus, aos mais elevados princípios. A palavra bom precisa ser entendida com clareza. Quando a bondade existe dentro de nós, tudo o que fizermos será bom, nossos relacionamentos serão bons, nossas ações, nossa maneira de pensar. Podemos captar instantaneamente o sentido global dessa palavra."

(J. Krishnamurti, Nossa Luz Interior, Ed. Ágora, p. 16)
www.editoraagora.com.br

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

CORAGEM


"Há uma espécie de coragem, que não é real. De vez em quando, vocês se encontram com um jovem que tem algo do espírito valentão e ele diz: 'Eu posso bater em você'. Bem isso não são palavras corajosas, porque as palavras realmente corajosas têm três qualidades: são amáveis, belas e verdadeiras. Somente quando essas três qualidades estiverem em suas palavras, vocês poderão dizer que possuem a verdadeira coragem. E assim, como vocês são os discípulos do Mestre e desejam ser corajosos tal qual ele é, precisam lembrar novamente das três qualidades necessárias em suas palavras, que devem ser: palavras amáveis, palavras belas e palavras verdadeiras."

(C. Jinarajadasa, Eu Prometo, Ed. Teosófica, p. 44)

domingo, 17 de setembro de 2017

MENSAGENS PARA VIDA


"O Bhagavad-Gita é um dos grandes textos espirituais do mundo no qual podemos buscar orientação para viver uma existência significativa. Através de séculos tem inspirado pensadores, acadêmicos, ativistas sociais e pessoas de todas as esferas da vida. Ele foi traduzido em todas as línguas do planeta e muitos comentários sobre ele foram redigidos ao longo do tempo. É uma obra que pertence tanto ao mundo ocidental como ao oriental. O Gita fala com todos os que enfrentam o dilema essencial da escolha. É parte integrante do grande épico da Índia, o Mahabharata,  que contém dezoito livros. O Gita propriamente dito, com dezoito capítulos ou diálogos, é um segmento do sexto volume desta grande obra. O épico como um todo apresenta um cenário histórico, possui um aspecto tanto arquetípico, ou universal, como um aspecto individual representado por seu protagonista humano Arjuna. Ele é pessoal e transpessoal."

(Joy Mills, Mensagens para a vida - O Bhagavad-Gita, Revista TheoSophia, Publicação da Scoiedade Teosóica no Brasil, jan/fev/março 2017)
www.sociedadeteosofica.org.br

sábado, 16 de setembro de 2017

LIBERDADE

"A Sabedoria Antiga proclama ao homem a preciosa natureza de sua liberdade e mostra que, ao apelar aos seus mais nobres instintos, nós podemos construir uma ordem combinando liberdade com segurança, estabilidade com progresso e criatividade com cooperação.
A liberdade pertence ao Espírito, o determinismo à matéria"

(N. Sri Ram, Pensamentos, Editora Teosófica, pg. 69)

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

IGUALDADE ESPIRITUAL


"Na busca da igualdade de gênero, estamos fazendo um esforço para abarcar toda a humanidade, independentemente de gênero. A questão da igualdade de gênero somente pode ser resolvida com a compreensão da igualdade espiritual. A alma não tem gênero. Externamente parecemos diferentes uns ao outros - tanto como uma onda no oceano pode parecer diferente de outras ondas. Essencialmente todos são um, radicados numa única fonte. As diferenças físicas de nome e forma devem-se ao fato de ignorarmos a verdade. 'Somos átomos, conjuntamente obedecendo à lei. O fato de negarmos essa verdade não a invalida. Simplesmente nos mantém miseráveis, pobres e egoístas', afirmou William Quan Judge.
O ensinamento fundamental da Teosofia é que todos os seres humanos, tendo a mesma origem fundamental e física, são essencialmente uma e a mesma essência, e essa essência é única - infinita, a causa sem causa, que a chamemos de pura consciência, Deus ou a natureza. Portanto, nada pode afetar um ser humano sem afetar todos os outros." 

(Deepa Padhi, Reflexões sobre gênero, Revista Sophia, Nº 68, pg12)
www.revistasophia.com.br

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

SER MÃE NUM MUNDO EM TRANSIÇÃO


"Simone de Beauvoir (1908-1986), grande pensadora francesa, foi quem disse a célebre frase: 'Não se nasce mulher, torna-se mulher'. É de grande valia pensar que não nascemos prontos, que vamos nos moldando conforme nossas vivências com as outras pessoas, com o ambiente em que nascemos, enfim, com nós mesmos.
Diante desse fato podemos perguntar qual o papel da maternidade e da paternidade nos dias atuais, quando as pessoas têm pouco tempo de convivência, diante de longas horas de trabalho, do trânsito, sem falar da febre tecnológica que invade as nossas vidas, com computadores e celulares que tomam a maior parte do nosso precioso tempo. (...)
O amor por um filho é algo sublime, na medida em que é livre de expectativas, por não requerer nada em troca. É como um portal, onde o amor cresce em nossos corações e todos aqueles que nos rodeiam são beneficiados. Estar atento para esse processo é de suma importância, e é na convivência intensa com seres que são pura pulsão existencial que descobrimos esse universo de amor e doação de que o mundo tanto precisa."

(Samira Santana de Almeida, Ser mãe num mundo em transição, Revista Sophia  Nº 67, p. 29)
www.revistasophia.com.br